sábado, 4 de fevereiro de 2012

Pistões com baunilha

Nota do blogueiro: É claro que a trilha sonora deste post tem de ser... Advinha aí, vai!

Esta história começou sábado passado (28/1), quando eu despretensiosamente assistia pela TV à surra que o Detroit Pistons tomava do Philadelphia 76ers. Mas tudo mudou quando eu vi a propaganda...

"Friday Night Out @ The Palace
Pistons hosting the Milwaukee Bucks
Two tickets for $25
And halftime show with VANILLA ICE" 

Pensei assim: "Como é? Sexta à noite (excelente para um compromisso noturno), dois ingressos por U$ 25 (de graça...), com show do intervalo a cargo de Vanilla Ice (este cara ainda existe??)?? Putz, acho que serei obrigado a ir..."

E fui...


Quando contava meus planos para os embalos de sexta à noite aos amigos do escritório, todos morriam de dar risada - e cantavam o malfadado refrão: "Vanilla / Ice Ice Baby / Too Cold / Too Cold".

E com razão. Afinal, só dando risada mesmo... Mas pensa só: quando é que você tem a oportunidade de ver Vanilla Ice ao vivo, por $25, num ginásio muito bacana? Ah, e ainda ganha um jogo da NBA de bônus (tudo bem que nenhum dos times esteja minimamente decente hoje em dia - embora ambos sejam cheios de história e glórias passadas).

A situação toda é hilária... Mas se você parar para pensar na motivação dos Pistons em levar o Vanilla Ice para o show do intervalo numa sexta à noite, dá vontade de chorar... A franquia de Detroit, que já teve lendas como Isiah Thomas, Dennis Rodman, Bill Laimbeer e Joe Dumars, anda numa pendura desgraçada... Se houvesse rebaixamento na NBA, os Pistons seriam fortíssimos candidatos.

E pensar que esta mesma franquia foi campeã da Liga em 2004 (em cima do meu Lakers) e chegou à final de novo no ano seguinte, desta vez perdendo para o San Antonio Spurs. Sete anos que parecem um século.

Para variar, escrevi demais e nada disso faz muito sentido para você, né? Okay, então olha esta foto aqui...


Este é o imponente The Palace of Auburn Hills a poucos minutos do tip off (a bola ao alto que abre o jogo)... Sentiu a lotação? E Vanilla Ice foi uma tentativa (desesperada...) de encher mais alguns assentos.

Embora não jogue basquete ou faça milagre, o cara é gente fina... Emplacou um hit bacaninha (cuja batida foi copiada de "Under Pressure", de Queen e David Bowie), daqueles que todo mundo já dançou e até gosta, mas ninguém admite.

Evidente que todos os meus (poucos) companheiros de Palace estavam com a mesma expectativa que eu. Chegou o intervalo e o cara fez a parte dele. Começou mandando um "Play That Funky Music" (clássico do Wild Cherry - outro artista de um hit só, coincidentemente...) bem ajeitado.


Até que finalmente fez a alegria de todos nós, torcedores solidários e solitários na imensidão do Palace... Olha, tenho que confessar: foi bem bacana... Engraçado demais, no mínimo!



E o jogo? Ah, o bônus pelo ingresso, né? Então, os Pistons jogaram direitinho e até ganharam...


Nota do blogueiro 2: Vale dar o crédito das fotos a quem merece... Obrigado!

Um comentário:

  1. Este cara ainda fazer show é um milagre. Não dava pra esperar lotação máxima, né? Vc já tá na base do "ganhamos no basquete", "perdemos no hóquei", mas "massacramos no football"? "Meu Lakers", tsc, tsc... bom, é melhor do que ser são-paulino, é verdade!!! Apoiado!

    ResponderExcluir